Skip to content

Programação da III Semana da Mobilidade do DF

Imagem

11ª Jornada Brasileira “na cidade, sem meu carro”

 

15 a 22 de setembro

 

Programação Geral

 

Semana de Oficinas sobre Mobilidade Urbana nas Regiões Administrativas

10, 11 e 12 de setembro

 

15 de setembro, Sábado

Seminário de Abertura Transporte e Mobilidade Urbana – Rede de Educação Cidadã, 8h-12h e 14h-18h, Museu Nacional Honestino Guimarães

 

16 de setembro, Domingo

Rodas no Eixo, 8h-12h, Eixão do Lazer, na  altura da 108/208 norte, com teatro e jogos infantis oferecidos pelo DETRAN

Oficina Aprendendo a Pedalar, Bike Anjo DF, Eixão do Lazer

Intervenções e atividades no Festival Puro Ritmo, 17h, Memorial dos Povos Indígenas

Passeio Ciclístico Sudoeste/Memorial

 

17 de setembro, Segunda-feira

Desafio Intermodal, 7h, Guará-Brasília

Pedala Brasília, 7h, Ciclovias do Plano Piloto

Cine Pedal, 19h, Museu Nacional

 

18 de setembro, Terça- feira

Pedala Brasília, 7h, Ciclovias do Plano Piloto

Debate: Sistema Cicloviário do DF – Desafios e perspectivas, 14h, Anf 9 UnB

Cine Pedal, 19h, Museu Nacional

 

19 de setembro, Quarta-feira

Pedala Brasília, 7h, Ciclovias do Plano Piloto

Bonde das Autoridades até a Esplanada, 8h, Sudoeste

Debate: Edital da Licitação do Transporte Coletivo DF, 9h, Anf 9 UnB

Intervenções urbanas e culturais, 12h, Rodoviária

Cine Pedal, 19h, Museu Nacional

 

20 de setembro, Quinta-feira

Pedala Brasília, 7h, Ciclovias do Plano Piloto

Bonde das Autoridades até a Esplanada, 8h, Museu da República

Debate: Ciência: Interconexão da Mobilidade com Meio Ambiente, Saúde, e Economia, 14h, Centro de Convenções (aud.Águas Claras)

Roda de Conversa: Os desafios da Mobilidade Urbana: para onde vamos?, 19h, Centro de Convenções (aud.Águas Claras)

 

 

21 de setembro, Sexta-feira

Pedala Brasília, 7h, Ciclovias do Plano Piloto

Debate: Acessibilidade e Transporte, 9h, Centro de Convenções (aud. Águas Claras)

Intervenções urbanas e culturais, 12h, Rodoviária

Debate: Custo do Transporte e Tarifa Zero, 15h, Anf 9 UnB

Cine Pedal, 19h, Museu Nacional

 

 

22 de setembro, Sábado – 22, Dia Mundial Sem Carro

– 11ª Jornada Brasileira “na cidade, se meu carro”

Local: Rua fechada em frente ao CNB e Vaga Viva nos estacionamentos do CNB até a Rodoviária

Gincanas e Campeonatos ou Torneios (Bicicleta, Skate, Le Parkour)

Brechó da Bicicleta

Oficina Aprendendo a pedalar (Bike Anjo DF)

Pula pula

Cama elástica

teatro e jogos infantis (DETRAN)

Salão de Veículos Alternativos

Shows e apresentações Culturais

Cine Pedal

Tendas de coletivos e entidades parceiras (Detran, entre outros)

Aperto de Mão aos Motoristas de Transportes Coletivos

Brechó da bicicleta

Feira: Toma lá dá cá + Escambau

Teatro infantil

Tenda de debates:(programação própria!)

            De olho no Trem

            De Olho na Tarifa

            De Olho no Ônibus Elétrico

            De Olho no Consumo

            De Olho no Brasil Sem Energia Nuclear

            Quadro – Fale ao Governador sobre o Transporte Público no DF

Para ficar de olho: contratação de empresas para construção de ciclovias no DF

PROCESSOS PARA CONSTRUÇÃO DE CICLOVIAS NO DF / 2012

 

FONTE: Publicado no Diário Oficial do Distrito Federal em 17/01/2012

http://www.buriti.df.gov.br/ftp/diariooficial/2012/01_Janeiro/DODF%20Nº%20012%2017-01-2012/Seção03-%20012.pdf

 

Processo: GDF/SO/NOVACAP nº 112.001.374/2009.

Fundamento Legal: Concorrência Pública nº 037/2009 – ASCAL/PRES.
Espécie: Contrato de Empreitada Obra Engª. D.U. ASJUR/PRES nº 601/2011.
Contratantes: COMPANHIA URBANIZADORA DA NOVA CAPITAL DO BRASIL- NOVACAP e a firma CONSTRUTORA ARTEC S/A.
Objeto: Constitui objeto do presente contrato a execução, pela CONTRATADA, de ciclovias no Guará – RA X – DF, passando pelas vias: Via RI 01 e Via Contorno.
Valor: O valor total do presente contrato é R$ 1.118.728,37 (um milhão, cento e dezoito mil, setecentos e vinte e oito reais e trinta e sete centavos).
Prazo/Vigência: O prazo máximo de execução e conclusão da obra será de 120 (cento e vinte) dias corridos, contado a partir do primeiro dia útil da emissão da correspondente Ordem de Serviço Externa, expedida pela Diretoria de Urbanização da NOVACAP, e a vigência do presente ajuste é de 210 (duzentos e dez) dias corridos, contado a partir da data de sua assinatura e eficácia com a publicação de seu respectivo extrato no Diário Oficial do Distrito Federal.
Recursos: As obras de que trata este contrato será executada com recursos procedentes do Convênio NUTRA/PROJU nº 128/2011 – TERRACAP/NOVACAP/SO, Programa de Trabalho 15.451.0084.1110.8111, Natureza de Despesa 44.90.51, Fonte de Recurso 231006398, conforme Nota de Empenho nº 2011NE02181, no valor de R$ 1.118.728,37 (um milhão, cento e dezoito mil, setecentos e vinte e oito reais e trinta e sete centavos), emitida em 26/12/2011 pela Diretoria Financeira da NOVACAP.
Data da Assinatura: O termo tem sua assinatura em 27/12/2011.
PELA NOVACAP: Juvenal Batista Amaral e Erinaldo Pereira da Silva Sales.
Pela Contratada: Mauro César Alves Lacerda.
Testemunhas: Deuzenira Rodrigues Freires e Rodrigo Figueiredo de Macedo.

Processo: GDF/SO/NOVACAP nº 112.001.579/2009.

Fundamento Legal: Concorrência Pública nº 039/2009 – ASCAL/PRES.

Espécie: Contrato de Empreitada Obra Engª. D.U. ASJUR/ PRES nº 604/2011.

Contratantes: COMPANHIA URBANIZADORA DA NOVA CAPITAL DO BRASIL-NOVACAP e a firma DAN HEBERT ENGENHARIA S/A.

Objeto: Constitui objeto do presente contrato a execução, pela CONTRATADA, de ciclovias, incluindo paisagismo, no Plano Piloto – RA I – DF, passando pelos seguintes locais: SCS, SGAS 900, SHIGS 700, SQS 300 e CLS 100, (LOTE 01).Valor: O valor total do presente contrato é R$ 7.114.199,06 (sete milhões, cento e quatorze mil, cento e noventa e nove reais e seis centavos).
Prazo/Vigência: O prazo máximo de execução e conclusão da obra será de 180 (cento e oitenta) dias corridos, contado a partir do primeiro dia útil da emissão da correspondente Ordem de Serviço Externa, expedida pela Diretoria de Urbanização da NOVACAP, e a vigência do presente ajuste é de 270 (duzentos e setenta) dias corridos, contado a partir da data de sua assinatura e eficácia com a publicação de seu respectivo extrato no Diário Oficial do Distrito Federal.
Recursos: As obras de que trata este contrato será executada com recursos procedentes do Convênio NUTRA/PROJU nº 128/2011 – TERRACAP/NOVACAP/SO, Programa de Trabalho 15.451.0084.1110.8111, Natureza de Despesa 44.90.51, Fonte de Recurso 231006398, conforme Nota de Empenho nº 2011NE02283, no valor de R$ 7.114.199,06 (sete milhões, cento e quatorze mil, cento e noventa e nove reais e seis centavos), emitida em 30/12/2011 pela Diretoria Financeira da NOVACAP.
Data da Assinatura: O termo tem sua assinatura em 30/12/2011.
PELA NOVACAP: Maruska Lima de Sousa Holanda e André Monteiro Fortes.
Pela Contratada: Dario de Souza Clementino e Ari Osvaldo Lisboa.Testemunhas: Fabiana Neves Garcia e Maria do Socorro Ferreira da Silva.

Processo: GDF/SO/NOVACAP nº 112.001.579/2009.

Fundamento Legal: Concorrência Pública nº 039/2009 – ASCAL/PRES.
Espécie: Contrato de Empreitada Obra Engª. D.U. ASJUR/PRES nº 605/2011.
Contratantes: COMPANHIA URBANIZADORA DA NOVA CAPITAL DO BRASIL-NOVACAP e a firma CD – CONSTRUÇÃO E ENGENHARIA LTDA.
Objeto: Constitui objeto do presente contrato a execução, pela CONTRATADA, de ciclovias, incluindo paisagismo, no Plano Piloto – RA I – DF, passando pelos seguintes locais: CLS 200, CLS 400, SQS 400 e SGAS 600, (LOTE 02).
Valor: O valor total do presente contrato é R$ 6.500.073,21 (seis milhões, quinhentos mil, setenta e três reais e vinte e um centavos).
Prazo/Vigência: O prazo máximo de execução e conclusão da obra será de 180 (cento e oitenta) dias corridos, contado a partir do primeiro dia útil da emissão da correspondente Ordem de Serviço Externa, expedida pela Diretoria de Urbanização da NOVACAP, e a vigência do presente ajuste é de 270 (duzentos e setenta) dias corridos, contado a partir da data de sua assinatura e eficácia com a publicação de seu respectivo extrato no Diário Oficial do Distrito Federal.
Recursos: As obras de que trata este contrato será executada com recursos procedentes do Convênio NUTRA/PROJU nº 128/2011 – TERRACAP/NOVACAP/SO, Programa de Trabalho 15.451.0084.1110.8111, Natureza de Despesa 44.90.51, Fonte de Recurso 231006398, conforme Nota de Empenho nº 2011NE02284, no valor de R$ 6.500.073,21 (seis milhões, quinhentos mil, setenta e três reais e vinte e um centavos), emitida em 30/12/2011 pela Diretoria Financeira da NOVACAP.
Data da Assinatura: O termo tem sua assinatura em 30/12/2011.
PELA NOVACAP: Maruska Lima de Sousa Holanda e André Monteiro Fortes.
Pela Contratada: Carlos Augusto Martins Mesquita.
Testemunhas: Rodrigo Figueiredo de Macedo e Maria do Socorro Ferreira da Silva. 

Processo: GDF/SO/NOVACAP nº 112.001.579/2009.

Fundamento Legal: Concorrência Pública nº 039/2009 – ASCAL/PRES.Espécie: Contrato de Empreitada Obra Engª. D.U. ASJUR/PRES nº 606/2011.Contratantes: COMPANHIA URBANIZADORA DA NOVA CAPITAL DO BRASIL- -NOVACAP e a firma TECCON S.A. – CONTRUÇÃO E PAVIMENTAÇÃO.Objeto: Constitui objeto do presente contrato a execução, pela CONTRATADA, de ciclovias, incluindo paisagismo, no Plano Piloto – RA I – DF, local: Setor de Embaixadas Sul, (LOTE 03).

Valor: O valor total do presente contrato é R$ 2.637.673,45 (dois milhões, seiscentos e trinta e sete mil, seiscentos e setenta e três reais e quarenta e cinco centavos).

Prazo/Vigência: O prazo máximo de execução e conclusão da obra será de 180 (cento e oitenta) dias corridos, contado a partir do primeiro dia útil da emissão da correspondente Ordem de Serviço Externa, expedida pela Diretoria de Urbanização da NOVACAP, e a vigência do presente ajuste é de 270 (duzentos e setenta) dias corridos, contado a partir da data de sua assinatura e eficácia com a publicação de seu respectivo extrato no Diário Oficial do Distrito Federal.
Recursos: As obras de que trata este contrato será executada com recursos procedentes do Convênio NUTRA/PROJU nº 128/2011 – TERRACAP/NOVACAP/SO, Programa de Trabalho 15.451.0084.1110.8111, Natureza de Despesa 44.90.51, Fonte de Recurso 231006398, conforme Nota de Empenho nº 2011NE02285, no valor de R$ 2.637.673,45 (dois milhões, seiscentos e trinta e sete mil, seiscentos e setenta e três reais e quarenta e cinco centavos), emitida em 30/12/2011 pela Diretoria Financeira da NOVACAP.
Data da Assinatura: O termo tem sua assinatura em 30/12/2011.PELA NOVACAP: Maruska Lima de Sousa Holanda e André Monteiro Fortes.Pela Contratada: Miguel Ferreira Tartuce.Testemunhas: Rodrigo Figueiredo de Macedo e Maria do Socorro Ferreira da Silva.

Processo: GDF/SO/NOVACAP nº 112.001.579/2009.

Fundamento Legal: Concorrência Pública nº 039/2009 – ASCAL/PRES.

Espécie: Contrato de Empreitada Obra Engª. D.U. ASJUR/PRES nº 607/2011.Contratantes: COMPANHIA URBANIZADORA DA NOVA CAPITAL DO BRASIL- NOVACAP e a firma DIVAL ENGENHARIA LTDA.Objeto: Constitui objeto do presente contrato a execução, pela CONTRATADA, de ciclovias, incluindo paisagismo, no Plano Piloto – RA I – DF, passando pelos seguintes locais: SRTVN, SHCGN 700, EQN 300, CLN 100, (LOTE 04).Valor: O valor total do presente contrato é R$ 6.063.812,74 (seis milhões, sessenta e três mil, oitocentos e doze reais e setenta e quatro centavos).Prazo/Vigência: O prazo máximo de execução e conclusão da obra será de 180 (cento e oitenta) dias corridos, contado a partir do primeiro dia útil da emissão da correspondente Ordem de Serviço Externa, expedida pela Diretoria de Urbanização da NOVACAP, e a vigência do presente ajuste é de 270 (duzentos e setenta) dias corridos, contado a partir da data de sua assinatura e eficácia com a publicação de seu respectivo extrato no Diário Oficial do Distrito Federal.Recursos: As obras de que trata este contrato será executada com recursos procedentes do Convênio NUTRA/PROJU nº 128/2011 – TERRACAP/NOVACAP/SO, Programa de Trabalho 15.451.0084.1110.8111, Natureza de Despesa 44.90.51, Fonte de Recurso 231006398, conforme Nota de Empenho nº 2011NE02286, no valor de R$ 6.063.812,74 (seis milhões, sessenta e três mil, oitocentos e doze reais e setenta e quatro centavos), emitida em 30/12/2011 pela Diretoria Financeira da NOVACAP.Data da Assinatura: O termo tem sua assinatura em 30/12/2011.PELA NOVACAP: Maruska Lima de Sousa Holanda e André Monteiro Fortes.Pela Contratada: Marcos Boechat Lopes de Souza.

Testemunhas: Rodrigo Figueiredo de Macedo e Maria do Socorro Ferreira da Silva.


Processo: GDF/SO/NOVACAP nº 112.001.579/2009.

Fundamento Legal: Concorrência Pública nº 039/2009 – ASCAL/PRES.Espécie: Contrato de Empreitada Obra Engª. D.U. ASJUR/PRES nº 608/2011.Contratantes: COMPANHIA URBANIZADORA DA NOVA CAPITAL DO BRASIL-NOVACAP e a firma GW CONSTRUÇÕES INCORPORAÇÕES LTDA.Objeto: Constitui objeto do presente contrato a execução, pela CONTRATADA, de ciclovias, incluindo paisagismo, no Plano Piloto – RA I – DF, passando pelos seguintes locais: CLN 200, CLN 400, SQN 400, SEN e SAFN, (LOTE 05).Valor: O valor total do presente contrato é R$ 4.771.945,95 (quatro milhões, setecentos e setenta e um mil, novecentos e quarenta e cinco reais e noventa e cinco centavos).Prazo/Vigência: O prazo máximo de execução e conclusão da obra será de 180 (cento e oitenta) dias corridos, contado a partir do primeiro dia útil da emissão da correspondente Ordem de Serviço Externa, expedida pela Diretoria de Urbanização da NOVACAP, e a vigência do presente ajuste é de 270 (duzentos e setenta) dias corridos, contado a partir da data de sua assinatura e eficácia com a publicação de seu respectivo extrato no Diário Oficial do Distrito Federal.Recursos: As obras de que trata este contrato será executada com recursos procedentes do Convênio NUTRA/PROJU nº 128/2011 – TERRACAP/NOVACAP/SO, Programa de Trabalho 15.451.0084.1110.8111, Natureza de Despesa 44.90.51, Fonte de Recurso 231006398, conforme Nota de Empenho nº 2011NE02287, no valor de R$ 4.771.945,95 (quatro milhões, setecentos e setenta e um mil, novecentos e quarenta e cinco reais e noventa e cinco centavos), emitida em 30/12/2011 pela Diretoria Financeira da NOVACAP.Data da Assinatura: O termo tem sua assinatura em 30/12/2011.PELA NOVACAP: Maruska Lima de Sousa Holanda e André Monteiro Fortes.

Pela Contratada: José Antônio Goulart.Testemunhas: Rodrigo Figueiredo de Macedo e Maria do Socorro Ferreira da Silva.

 Processo: GDF/SO/NOVACAP nº 112.001.579/2009.
Fundamento Legal: Concorrência Pública nº 039/2009 – ASCAL/PRES.

Espécie: Contrato de Empreitada Obra Engª. D.U. ASJUR/PRES nº 609/2011.
Contratantes: COMPANHIA URBANIZADORA DA NOVA CAPITAL DO BRASIL-NOVACAP e a firma DIVAL ENGENHARIA LTDA.
Objeto: Constitui objeto do presente contrato a execução, pela CONTRATADA, de ciclovias, incluindo paisagismo, no Plano Piloto – RA I – DF, passando pelo seguinte local: Setor de Embaixadas Norte, (LOTE 06).
Valor: O valor total do presente contrato é R$ 1.731.913,21 (um milhão, setecentos e trinta e um mil, novecentos e treze reais e vinte e um centavos).
Prazo/Vigência: O prazo máximo de execução e conclusão da obra será de 90 (noventa) dias corridos, contado a partir do primeiro dia útil da emissão da correspondente Ordem de Serviço Externa, expedida pela Diretoria de Urbanização da NOVACAP, e a vigência do presente ajuste é de 180 (cento e oitenta) dias corridos, contado a partir da data de sua assinatura e eficácia com a publicação de seu respectivo extrato no Diário Oficial do Distrito Federal.
Recursos: As obras de que trata este contrato será executada com recursos procedentes do Convênio NUTRA/PROJU nº 128/2011 – TERRACAP/NOVACAP/SO, Programa de Trabalho 15.451.0084.1110.8111, Natureza de Despesa 44.90.51, Fonte de Recurso 231006398, conforme Nota de Empenho nº 2011NE02288, no valor de R$ 1.731.913,21 (um milhão, setecentos e trinta e um mil, novecentos e treze reais e vinte e um centavos), emitida em 30/12/2011 pela Diretoria Financeira da NOVACAP.
Data da Assinatura: O termo tem sua assinatura em 30/12/2011.PELA NOVACAP: Maruska Lima de Sousa Holanda e André Monteiro Fortes.
Pela Contratada: Marcos Boechat Lopes de Souza.
Testemunhas: Rodrigo Figueiredo de Macedo e Maria do Socorro Ferreira da Silva.

 Processo: GDF/SO/NOVACAP nº 112.001.579/2009.
Fundamento Legal: Concorrência Pública nº 039/2009 – ASCAL/PRES.

Espécie: Contrato de Empreitada Obra Engª. D.U. ASJUR/PRES nº 610/2011.
Contratantes: COMPANHIA URBANIZADORA DA NOVA CAPITAL DO BRASIL-NOVACAP e a firma VALE DO IPÊ CONSTRUÇÃO E URBANIZAÇÃO LTDA.
Objeto: Constitui objeto do presente contrato a execução, pela CONTRATADA, de ciclovias, incluindo paisagismo, no Plano Piloto – RA I – DF, passando pelos seguintes locais: Campus da Universidade de Brasília – UNB e SGAN 600, (LOTE 07).
Valor: O valor total do presente contrato é R$ 3.476.965,05 (três milhões, quatrocentos e setenta e seis mil, novecentos e sessenta e cinco reais e cinco centavos).
Prazo/Vigência: O prazo máximo de execução e conclusão da obra será de 180 (cento e oitenta) dias corridos, contado a partir do primeiro dia útil da emissão da correspondente Ordem de Serviço Externa, expedida pela Diretoria de Urbanização da NOVACAP, e a vigência do presente ajuste é de 270 (duzentos e setenta) dias corridos, contado a partir da data de sua assinatura e eficácia com a publicação de seu respectivo extrato no Diário Oficial do Distrito Federal.
Recursos: As obras de que trata este contrato será executada com recursos procedentes do Convênio NUTRA/PROJU nº 128/2011 – TERRACAP/NOVACAP/SO, Programa de Trabalho 15.451.0084.1110.8111, Natureza de Despesa 44.90.51, Fonte de Recurso 231006398, conforme Nota de Empenho nº 2011NE02291, no valor de R$ 3.476.965,05 (três milhões, quatrocentos e setenta e seis mil, novecentos e sessenta e cinco reais e cinco centavos), emitida em 30/12/2011 pela Diretoria Financeira da NOVACAP.
Data da Assinatura: O termo tem sua assinatura em 30/12/2011.
PELA NOVACAP: Maruska Lima de Sousa Holanda e André Monteiro Fortes.
Pela Contratada: Nelson do Valle Araujo.
Testemunhas: Rodrigo Figueiredo de Macedo e Maria do Socorro Ferreira da Silva.
 

Processo: GDF/SO/NOVACAP nº 112.001.579/2009.

Fundamento Legal: Concorrência Pública nº 039/2009 – ASCAL/PRES.

Espécie: Contrato de Empreitada Obra Engª. D.U. ASJUR/PRES nº 611/2011.Contratantes: COMPANHIA URBANIZADORA DA NOVA CAPITAL DO BRASIL-NOVACAP e a firma EPC PROJETOS E CONSTRUÇÕES LTDA.Objeto: Constitui objeto do presente contrato a execução, pela CONTRATADA, de ciclovias, incluindo paisagismo, no Plano Piloto – RA I – DF, passando pelos seguintes locais: Eixo Monumental, Torre de TV, Rodoviária, Esplanada dos Ministérios, SAFN e SCES, (LOTE 08).Valor: O valor total do presente contrato é R$ 5.076.500,07 (cinco milhões, setenta e seis mil, hentos reais e sete centavos). Prazo/Vigência: O prazo máximo de execução e conclusão da obra será de 180 (cento e oitenta) dias corridos, contado a partir do primeiro dia útil da emissão da correspondente Ordem de Serviço Externa, expedida pela Diretoria de Urbanização da NOVACAP, e a vigência do presente ajuste é de 270 (duzentos e setenta) dias corridos, contado a partir da data de sua assinatura e eficácia com a publicação de seu respectivo extrato no Diário Oficial do Distrito Federal.Recursos: As obras de que trata este contrato será executada com recursos procedentes do Convênio NUTRA/PROJU nº 128/2011 – TERRACAP/NOVACAP/SO, Programa de Trabalho 15.451.0084.1110.8111, Natureza de Despesa 44.90.51, Fonte de Recurso 231006398, conforme Nota de Empenho nº 2011NE02289, no valor de R$ 5.076.500,07 (cinco milhões, setenta e seis mil, quinhentos reais e sete centavos), emitida em 30/12/2011 pela Diretoria Financeira da NOVACAP.
Data da Assinatura: O termo tem sua assinatura em 30/12/2011.
PELA NOVACAP: Maruska Lima de Sousa Holanda e André Monteiro Fortes.

Pela Contratada: Lúcio Valério Pinheiro Costa.Testemunhas: Rodrigo Figueiredo de Macedo e Maria do Socorro Ferreira da Silva.

 

Processo: GDF/SO/NOVACAP nº 112.001.579/2009.

Fundamento Legal: Concorrência Pública nº 039/2009 – ASCAL/PRES.Espécie: Contrato de Empreitada Obra Engª. D.U. ASJUR/PRES nº 612/2011.Contratantes: COMPANHIA URBANIZADORA DA NOVA CAPITAL DO BRASIL- NOVACAP e a firma CAENGE S.A. CONSTRUÇÃO, ADMINISTRAÇÃO E ENGENHARIA.Objeto: Constitui objeto do presente contrato a execução, pela CONTRATADA, de ciclovias, incluindo paisagismo, no Plano Piloto – RA I – DF, passando pelos seguintes locais: SMU, SGO, SAM e SRPN, (LOTE 09).Valor: O valor total do presente contrato é R$ 1.850.522,02 (um milhão, oitocentos e cinqüenta mil, quinhentos e vinte e dois reais e dois centavos).
Prazo/Vigência: O prazo máximo de execução e conclusão da obra será de 90 (noventa) dias corridos, contado a partir do primeiro dia útil da emissão da correspondente Ordem de Serviço Externa, expedida pela Diretoria de Urbanização da NOVACAP, e a vigência do presente ajuste é de 180 (cento e oitenta) dias corridos, contado a partir da data de sua assinatura e eficácia com a publicação de seu respectivo extrato no Diário Oficial do Distrito Federal.Recursos: As obras de que trata este contrato será executada com recursos procedentes do Convênio NUTRA/PROJU nº 128/2011 – TERRACAP/NOVACAP/SO, Programa de Trabalho 15.451.0084.1110.8111, Natureza de Despesa 44.90.51, Fonte de Recurso 231006398, conforme Nota de Empenho nº 2011NE02290, no valor de R$ 1.850.522,02 (um milhão, oitocentos e cinquenta mil, quinhentos e vinte e dois reais e dois centavos), emitida em 30/12/2011 pela Diretoria Financeira da NOVACAP.Data da Assinatura: O termo tem sua assinatura em 30/12/2011.

PELA NOVACAP: Maruska Lima de Sousa Holanda e André Monteiro Fortes.Pela Contratada: Mauro Gilberto Franco Marques.

Testemunhas: Rodrigo Figueiredo de Macedo e Maria do Socorro Ferreira da Silva.

Processo: GDF/SO/NOVACAP nº 112.001.370/2009.

Fundamento Legal: Concorrência Pública nº 022/2009 – ASCAL/PRES.
Espécie: Contrato de Empreitada Obra Engª. D.U. ASJUR/PRES nº 616/2011.
Contratantes: COMPANHIA URBANIZADORA DA NOVA CAPITAL DO BRASIL-NOVACAP e a firma COMPACTA ENGENHARIA LTDA.
Objeto: Constitui objeto do presente contrato a execução, pela CONTRATADA, de ciclovias na Via SCLN, Via SC 5 e Avenida Contorno, no Gama – RA II – DF, (LOTE 02).Valor: O valor total do presente contrato é R$ 2.222.906,56 (dois milhões, duzentos e vinte e dois mil, novecentos e seis reais e cinquenta e seis centavos).

Prazo/Vigência: O prazo máximo de execução e conclusão da obra será de 120 (cento e vinte) dias corridos, contado a partir do primeiro dia útil da emissão da correspondente Ordem de Serviço Externa, expedida pela Diretoria de Edificações da NOVACAP, e a vigência do presente ajuste é de 210 (duzentos e dez) dias corridos, contado a partir da data de sua assinatura e eficácia com a publicação de seu respectivo extrato no Diário Oficial do Distrito Federal.

Recursos: As obras de que trata este contrato será executada com recursos procedentes do Convênio NUTRA/PROJU nº 128/2011 – TERRACAP/NOVACAP/SO, Programa de Trabalho 15.451.0084.1110.8111, Natureza da Despesa 44.90.51, Fonte de Recurso 231006398, conforme Nota de Empenho nº 2011NE02268, no valor de R$ 2.222.906,56 (dois milhões, duzentos e vinte e dois mil, novecentos e seis reais e cinquenta e seis centavos), emitida em 29/12/2011 pela Diretoria Financeira da NOVACAP.Data da Assinatura: O termo tem sua assinatura em 29/12/2011.PELA NOVACAP: Juvenal Batista Amaral e Erinaldo Pereira da Silva Sales.

Pela Contratada: Douglas Daniel Dias.

Testemunhas: Fabiana Neves Garcia e Maria do Socorro Ferreira da Silva.

10 princípios para a Mobilidade Urbana no DF

O Direito à Mobilidade Urbana é fundamental para as cidades, para seus habitantes poderem usufruir do espaço urbano com qualidade de vida, segurança, autonomia, liberdade e dignidade. Considerando isso, os princípios orientadores do Fórum de Mobilidade Urbana do DF são:

1.      Em qualquer hora do dia ou da noite, as ruas devem ser o espaço para vivência da cidade, permitindo sua apropriação por parte de pedestres, ambulantes, ciclistas, crianças, deficientes, idosos, moradores de rua, mulheres, skatistas, etc.

2.      As políticas de mobilidade urbana devem buscar a redução do uso de combustíveis fósseis, por meio do estímulo ao transporte sobre trilhos, ônibus elétricos, bicicletas e via pedestre, com controle sobre as emissões de gases que contribuem para o efeito estufa.

3.      As políticas de mobilidade devem se integrar com o planejamento urbano das cidades, possibilitando o uso misto dos espaços para diminuir as distâncias percorridas nos deslocamentos da população.

4.      Deve-se trabalhar para tornar o uso do transporte coletivo mais FACIL (seguro, cômodo, barato, eficiente, etc) que o uso do carro, pois o direito de ir e vir deve priorizar o Transporte Coletivo e não motorizado em relação ao transporte individual.

5.      As velocidades das vias devem ser reduzidas para proporcionar o uso compartilhado e seguro de todos os modos de transporte.

6.      A Política de Mobilidade deve possuir instâncias populares em sua gestão, com a participação de usuários e trabalhadores da área.

7.      A cobrança de tarifa para o transporte público coletivo segrega e exclui.

8.      Lógica de financiamento para políticas de mobilidade deve ser alterada: deve-se sair da lógica de “paga quem usa” para “paga quem se beneficia”.

9.      Mobilidade Urbana é um direito que deve servir às pessoas, e não deve ser reduzido a uma mercadoria que serve para a obtenção de lucro

10. Benefícios, subsídios e renúncia fiscal para empresas de transporte coletivo não são alternativas para melhorar a mobilidade de uma cidade, pois precarizam o serviço e acabam por destinar recursos públicos para o financiamento do lucro de empresas privadas.

Estudo fotográfico: deslocamento de pedestres no Plano Piloto, ao longo dos eixos W e L

CAMINHANDO SOBRE TESOURAS:

O deslocamento de pedestres no Plano Piloto, ao longgo dos eixos W e L
Estudo fotográfico
Denir Mendes Miranda

Já sentiu na pele que andar a pé em Brasília pode exigir atenção constante por conta dos muitos carros, criatividade para encontrar as poucas rotas e paciência com a falta de calçadas e meio-fio adequados? Então você vai gostar muito de ver esse estudo fotográfico feito pelo Denir, da Bicicletada/DF e da Associação Transporte Ativo. Segue um trecho pra dar vontade de ver o resto:

“Como não houve a preocupação urbanística de fazer uma linha de calçadas sem
interrupções, ao longo de toda a extensão das asas, que atenda ao deslocamento
de pedestres em direção à área central, nas tesourinhas não há qualquer facilidade
para quem se desloca a pé”

Link para download aqui.

NOVO LOCAL! 3ª Reunião do Fórum: qual a sua bandeira para a mobilidade no DF?


Sábado, dia 22 de outubro, diga qual é a sua bandeira para a política de mobilidade urbana de Brasília!
Novo local!! Santuário dos Pajés, acesso pelo estacionamento do Leonardo da Vinci, 913 norte.
14 – 17

PS: Saiba mais sobre o santuário conferindo a nota da Associação Brasileira de Antropologia: http://www.abant.org.br/news/show/id/158

Que palavra te vem a mente ao pensar num Fórum de Mobilidade Urbana? 2ª Reunião do Fórum

Atividade feita na 2ª Reunião do Fórum de Mobilidade Urbana do DF para definição de seus princípios orientadores. (+ fotos aqui)

E aqui a redação provisória dos princípios:

O Direito à Mobilidade Urbana é fundamental para as cidades, para seus habitantes poderem usufruir do espaço urbano com qualidade de vida, segurança, autonomia, liberdade e dignidade. Considerando isso, os princípios orientadores do Fórum de Mobilidade Urbana do DF são:

1.      Em qualquer hora do dia ou da noite, as ruas devem ser o espaço para vivência da cidade, permitindo sua apropriação por parte de pedestres, ambulantes, ciclistas, crianças, deficientes, idosos, moradores de rua, mulheres, skatistas, etc.

2.      As políticas de mobilidade urbana devem buscar a redução do uso de combustíveis fósseis, por meio do estímulo ao transporte sobre trilhos, ônibus elétricos, bicicletas e via pedestre, com controle sobre as emissões de gases que contribuem para o efeito estufa.

3.      As políticas de mobilidade devem se integrar com o planejamento urbano das cidades, possibilitando o uso misto dos espaços para diminuir as distâncias percorridas nos deslocamentos da população.

4.      Deve-se trabalhar para tornar o uso do transporte coletivo mais FACIL (seguro, cômodo, barato, eficiente, etc) que o uso do carro, pois o direito de ir e vir deve priorizar o Transporte Coletivo e não motorizado em relação ao transporte individual.

5.      As velocidades das vias devem ser reduzidas para proporcionar o uso compartilhado e seguro de todos os modos de transporte.

6.      A Política de Mobilidade deve possuir instâncias populares em sua gestão, com a participação de usuários e trabalhadores da área.

7.      A cobrança de tarifa para o transporte público coletivo segrega e exclui.

8.      Lógica de financiamento para políticas de mobilidade deve ser alterada: deve-se sair da lógica de “paga quem usa” para “paga quem se beneficia”.

9.      Mobilidade Urbana é um direito que deve servir às pessoas, e não deve ser reduzido a uma mercadoria que serve para a obtenção de lucro

10. Benefícios, subsídios e renúncia fiscal para empresas de transporte coletivo não são alternativas para melhorar a mobilidade de uma cidade, pois precarizam o serviço e acabam por destinar recursos públicos para o financiamento do lucro de empresas privadas.

Semana da Mobilidade em Brasília

Programação Geral PDF Imprimir
Ciclo – Exposição Fotográfica Intinerante durante toda a semanaDomingo, 18 de Setembro de 2011
Abertura da Semana da Mobilidade e da Semana do Trânsito
9h00 – Eixo Rodoviário (Eixão de Lazer) 108/208 Sul

16h00 – Ônibus gratuito circulando pelo Plano Piloto, dialogando sobre a Tarifa Zero.

Segunda-Feira, 19 de Setembro de 2011
7h00 – III Desafio Intermodal de Brasília
8h00/10h00 – “Caminhada Acessível – Percurso 1”
15h00 – Lançamento da Frente Parlamentar do Trânsito Seguro (CLDF)
15h00/18h00 – “Caminhada Acessível – Percurso 2”

Terça-Feira, 20 de Setembro de 2011
8h00/14h00 – “Caminhada Acessível – Percurso 3”

20h00 – Celebração do usuário 10.000 dentro do metrô, quem sabe é você?

Quarta-Feira, 21 de Setembro de 2011
8h00/12h00 – Caminhada Acessível – Percurso 4
14h30/19h15 – Seminário Eco-mobilidade, em busca da cidade para as pessoas
19h30 – Passeio Ciclístico Rota Monumental de Brasília

Quinta-Feira, 22 de Setembro de 2011
8h00/18h00 – Ciclofaixa Monumental
8h00 – Encontro dos Bondes das bicicletas (Rodoferroviária)
8h30 – Inauguração da rota turística laranja (Emb. Holanda)
9h00/19h00 – Exposição de fotos e projeção de vídeos (IPEA)
10h30 – Comunicado IPEA: “Poluição Veicular Urbana”
14h30/17h00 – Mesa Redonda – Desafios da Mobilidade Urbana

Lançamento do Fórum de Mobilidade Urbana do DF

Sexta-Feira, 23 de Setembro de 2011
9h30 – Lançamento da Frente Parlamentar da Mobilidade Sustentável (CLDF)
14h00/18h00 – Grupo de trabalho sobre Mobilidade Sustentável dentro da UnB (Memorial Darcy Ribeiro)

Sábado, 24 de Setembro de 2011
9h00/11h00 – Ação Moving Planet , para ir além dos combustíveis dósseis(Estacionamento 12 do Parque da Cidade)

Domingo, 25 de Setembro de 2011
Fechamento da Semana da Mobilidade e da Semana do Trânsito
9º Passeio Ciclístico Rodas da Paz
8h30 – Museu Nacional